sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

POR QUE O MENINO CHOROU?


QUESTÕES INDECIDÍVEIS


No filme Nós Que Nos Amávamos Tanto, do Ettore Scola, o personagem Nicola respondia sobre Vittorio De Sica, num quadro televisivo que se chamava "Lascia o raddoppia" ("Perde ou dobra"). No programa decisivo, cujo prêmio era milionário, ao candidato Nicola foi dirigida a seguinte pergunta:

- Por que o menino chorou no final do filme Ladrões de Bicicleta, de Vittorio De Sica?


Qualquer pessoa normal que tivesse visto o filme responderia que o menino chorou porque viu o pai sendo espancado; o candidato não era, porém, uma pessoa normal, mas alguém que sabia tudo sobre De Sica. Sabia, por exemplo, que, para fazer chorar o ator amador Enzo Staiola, que fazia o menino Bruno, De Sica ordenou a seus assessores que colocassem cigarros no bolso da criança e o acusassem de roubo. Ofendido, o menino começou a chorar de verdade, aparecendo assim no filme imortal.

Não iriam perguntar-me o que todos sabem, pensou Nicole. Foi por isso que o personagem de Scola respondeu:

- O menino chorou porque o acusaram de haver roubado os cigarros que estavam no seu bolso.



A resposta foi considerada errada, e o candidato perdeu o prêmio, pois, segundo a produção do programa, o menino chorou porque viu o pai ser espancado. Nicola nunca se conformou com esse desfecho, acreditando que, se tivesse optado por esta outra resposta, perderia do mesmo jeito, porque nesse caso a televisão diria que o choro ocorreu por causa dos cigarros. 

Só a produção do programa tem a resposta verdadeira. Para todos os demais, a questão é indecidível.

Nenhum comentário: