sexta-feira, 15 de novembro de 2013

PENZIAS E WILSON


A COMPROVAÇÃO DO BIG BANG


 

 Era o ano de 1964. Os pesquisadores norte-americanos Arno Penzias (nascido em 1933) e Robert Wilson (nascido em 1936) calibravam em New Jersey a antena gigantesca de um radiotelescópio destinado a captar sinais emitidos pela estrela Cassiopeia A, quando perceberam um estranho ruído, vindo de todas as direções do céu e sempre com a mesma intensidade. 

- Um ruído sem causa, pois o radiotelescópio estava desligado. 

Em vão procuraram defeitos em todos os componentes do radiotelescópio e de sua antena, chegando mesmo a se preocupar com as fezes depositadas por um casal de pombos que nela se alojaram. Na sequência desses eventos, e com auxílio dos físicos teóricos da Universidade de Princeton, ficou provado que Penzias e Wilson haviam detectado o ruído do Big Bang, a explosão primordial que deu origem ao Universo. Atualmente sob a forma de ondas de rádio, no espectro conhecido como microondas, esse ruído acompanha o Universo na sua expansão eternidade adentro e tem o nome de “radiação cósmica de fundo em microondas”.



Nenhum comentário: